fbpx

Piscina tipo praia: conheça a nova queridinha das áreas externas

23 de março de 2021

23 de março de 2021

Praias sem areia e sem ondas, mas com águas paradisíacas. Quando o assunto são piscinas, essa já é uma realidade. No Brasil, as piscinas tipo praia surgem em tendência nas residências, hotéis e resorts, possibilitando ao usuário ter uma praia ou lago particular em casa.

O segredo está em novos revestimentos que substituem azulejos, pastilhas e rejuntes, criando ambientes contínuos que levam à água, como seria em um ambiente natural. A tonalidade do material é o que garante o visual final: tons mais claros deixam a água mais azul, enquanto os mais escuros a deixam mais esverdeada. Ao aspecto cenográfico das piscinas, os revestimentos são atérmicos e antiderrapantes, criando um espaço mais seguro.

A novidade ganhou espaço após ser vista fora do país. A Piscina Praia é um resinado feito com nanotecnologia de alta resistência,  é uma de suas principais vantagens, já que confere ao revestimento o aspecto da areia sem deixá-lo áspero. 

Trata-se de um conceito novo, que chama atenção, com cores exuberantes para as águas. Além disso, ela se adapta a qualquer formato, sem limites de tamanho.

Outro exemplo que confere o efeito de praia são os revestimentos monolíticos, tecnologia que aposta na areia compactada. Com ele, todo o revestimento da área da piscina usa um único material, sem nenhuma junta, o que cria um diferencial. Ele é como uma argamassa: é feita uma massa única, aplicada de uma forma semelhante à cerâmica ou a pedras naturais.

Manutenção

Já a rotina de cuidados com a piscina tipo praia não difere das piscinas tradicionais, é recomendado um tratamento de ozônio ou um tratamento à base de gerador de cloro.